Novos ensaios fotográficos do Simple Plan

Durante essa semana novas fotos de ensaios fotográficos realizado com o Simple Plan foram divulgadas no Instagram da banda.

Além de uma nova foto de Pierre Bouvier do photoshoot realizado para promover o início da “No Pads, No Helmets… Just Balls: 15th Anniversary Tour” e duas imagens de Sebastien Lefebvre durante a turnê, Mike Oksman foi responsável por fotografar Jeff Stinco com sua namorada Michele Bonnier em São Francisco. Confira os quatro álbuns atualizados com as novas fotos clicando nas miniaturas abaixo:

Sebastien fala sobre rótulo pop-punk e ataques terroristas

O guitarrista do Simple Plan, Sebastien Lefebvre, realizou uma entrevista com o site alemão Stage Load para divulgar a etapa européia da “No Pads, No Helmets… Just Balls: 15th Anniversary Tour”.

Entre os tópicos abordados ele fala sobre como lida com o rótulo de banda pop-punk, como eles encaram os ataques terroristas na Europa e a falta de bandas de rock nas rádios norte-americanas. Leia a entrevista traduzida abaixo:

Recentemente o seu disco de estréia “No Pads, No Helmets… Just Balls” completou 15 anos. Você conseguiu perceber que tanto tempo passou desde o lançamento?
Realmente faz muito tempo, mas de forma alguma parece que tenha sido tudo isso. Nós amamos o que fazemos. Ficamos muito felizes quando estamos em turnê e ainda precisamos lançar muitos outros discos – só temos cinco. Se não estivéssemos nessa turnê de comemoração agora, eu não teria percebido que o disco era tão antigo. Não parece que são 15 anos.

Vocês começaram em 1999, mas desde então não houve nenhuma mudança na formação da banda. Nos últimos 18 anos, em algum momento vocês pensaram em parar?
Provavelmente todos nós já pensamos, mas nós também sabemos que essa banda é mais importante que nós mesmos. Nós sempre colocamos a banda na frente de tudo e tentamos manter nossa vida privada – inclusive em respeito aos fãs. Nos mantermos juntos não é tão difícil. Na verdade, o que é realmente difícil é se manter relevante e continuar escrevendo músicas boas. Nós temos sorte de termos um sucesso moderado durante todo o tempo, então sempre estivemos motivados e ninguém saiu da banda e voltou para a escola.

Você acabou de mencionar que o que é mais difícil é se manter relevante. Deve ter sido ainda mais difícil para vocês pois vocês sempre foram perseguidos por fazerem músicas para adolescentes, apesar de todos estarem na casa dos 30. Você leva isso pelo lado pessoal?
É engraçado você falar sobre isso. Você não é a primeira pessoa da Alemanha a falar isso. Parece que é um grande problema por aí (risos). Eu acredito que quando começamos éramos comparados com o Blink-182 e o Good Charlotte – e nós temos orgulho disso! No começo dos anos 2000 todas essas bandas legais de rock com músicas ótimas e cheias de energia eram a resposta para as bandas de pop, boy bands e giril bands e foi ótimo fazer parte disso.

Com nosso primeiro disco nós nos dedicamos a temas bem conhecidos, o que naquele tempo claro que tinha ligação com a adolescência. Eu tinha acabado de fazer 18 anos quando começamos a banda! A música permaneceu a mesma, mas ao mesmo tempo as coisas que falamos foram evoluindo. Antes falávamos sobre como é estar em um relacionamento, então falamos sobre como é se apaixonar. Mas é incrível que muito de nossos fãs nos acompanham há tantos anos. Que eles cresceram conosco e ainda nos ouvem. Isso é algo que poucas bandas podem experienciar.

Se fossemos falar sobre o seu estilo musical: você descreveria sua música como rock ou punk rock? Como você se sente com o rótulo “pop-punk”?
Eu não tenho problema nenhum com isso. Quando começamos com o punk rock, nós já tínhamos uma atitude meio pop, o que meio que fortaleceu isso. Nós também fomos influenciados por bandas que já estavam na estrada, especialmente essas bandas de punk rock dos anos 90 como NOFX, The Offspring e Bad Religion. Eu acho que é mais sobre ter a atitude do que um rótulo. Eu não acho que temos uma mensagem propriamente dita pois temos uma influência cada vez maior pela música do que por outras coisas. “Pop-punk” também é relacionado pela melodia e música, o que é legal, o que é importante para nós. Nós queremos escrever músicas que façam com que as pessoas cantem conosco!

Então você não é como o Billy Joe Armstrong do Green Day que disse uns meses atrás que ele gostaria de acabar de uma vez por todas com o rótulo “pop-punk” em 2017?
Não, de forma alguma! Nós não queremos depredar nada, nem destruir nada ou odiar alguma coisa. Se você gosta da nossa música ou do pop-punk no geral, isso é bom, mas se você não gostar de nós, também não tem problema. Nós acreditamos no que somos – não importa o que os outros pensem sobre isso!

No final de Maio vocês voltaram para a Europa com a turnê de comemoração do “No Pads, No Helmets… Just Balls”. Vocês param pra pensar nos últimos acontecimentos como os ataques terrorista em Paris, Bruxelas e Berlin? Vocês realmente querem tocar nessas cidades?
Sim, e logo, pois todos nós queremos. Nunca foi mais importante mostrar que apoiamos algo ao nos reunirmos, ter um bom momento e esquecer os problemas por algumas horas. Nós somos quem nós somos e nós fazemos o que queremos fazer. E essa declaração de amor da música é extremamente importante nos dias de hoje!

Falando em momentos difíceis: Alguns membros do Simple Plan moram nos EUA. Desde a posse de Trumps como presidente, voltar para o Canadá foi levado em consideração?
Honestamente eu acho que não. Para muitas pessoas isso é um problema realmente grave, mas nós tentamos nos manter fora da política. Eu moro no Canadá e eu estou bem assim. Entretanto, os que moram nos EUA parecem estar igualmente felizes. Eu acho que nem sempre você precisa querer mudar o mundo inteiro, mas talvez começar a se tornar uma melhor pessoa. Educar seus filhos de forma consciente, ficar cercado de amigos que devem ser apreciados, e sempre fazer o seu melhor.

Além do Simple Plan você também está envolvido em outros projetos, como um programa de rádio semanal. Uma vez você disse que as rádios mal tocam rock – você pensa em parar com o seu programa?
Isso é verdade, não tocam mais rock. Mas não é que as pessoas não queiram ouvir, mas hoje em dia não estão tocando nas rádios. Nos anos 90 não era tanto assim, já que tocavam muitas bandas de rock, no começo dos anos 2000 houve um crescimento e substituição por bandas de pop como os Backstreet Boys ou Spice Girls. Isso sempre está mudando, e com o meu programa eu gostaria de fazer com que os ouvintes escutassem bandas não tão conhecidas pois elas não são muito tocadas. É claro que a cena pop-punk não tem tanto destaque como tinha antes, mas ainda está lá – não tem nada haver com o mainstream. Você tem sorte de estar na Alemanha onde vocês não somente tem bandas de rock, mas eles também tocam esse estilo nas rádios. Na América do Norte existem bandas o suficiente, mas geralmente elas não atingem essa plataforma. Eu fico feliz quando consigo atingir as pessoas com músicas que eu gosto de ouvir.

Sebastien e Chuck falam sobre o impacto da música na vida das pessoas

Sebastien Lefebvre e Chuck Comeau fizeram um depoimento para a fundação Music Heals, que ajuda a alertar as pessoas sobre o poder de cura da música apoiando serviços de terapia musical em comunidades no Canadá.

No vídeo Lefebvre e Comeau relatam como a música mudou suas vidas, contam sobre as formas que a Simple Plan Foundation faz com que jovens possam encontrar a paixão pela arte, além de compartilhar a história de uma fã da banda na Alemanha que está doente há muitos anos mas que, apesar de andar com o auxílio de muletas e precisar usar óculos escuros para bloquear as luzes dos shows, ela faz questão de estar na maior parte dos shows da banda na Europa, pois isso a faz sentir melhor.

Novas fotos do photoshoot do Simple Plan em Atlanta

Novas fotos do photoshoot realizado pelo Simple Plan nos bastidores do The Masquerade em Atlanta foram divulgadas pela banda.

O ensaio fotográfico, que foi realizado no dia 21 de Março, traz fotos feitas tanto por Chady Awad como por Sebastien Lefebvre, que se arriscou em uma competição com o fotógrafo oficial do Simple Plan e registrou uma imagem de Pierre Bouvier. Clique abaixo para acessar o álbum completo em nossa Galeria:

seb-news-06

Foto: Chuck Comeau e Sebastien Lefebvre posam para o The Suburban

No dia 26 de Fevereiro, Chuck Comeau e Sebastien Lefebvre realizaram uma rápida entrevista ao site The Suburban, onde falaram sobre alguns tópicos já discutidos pelo Simple Plan anteriormente, como os problemas nas cordas vocais de Pierre no ano passado e como se sentem tocando em festivais com bandas de diferentes estilos.

O artigo também trouxe uma nova foto do baterista e do guitarrista tirada durante a conversa nas ruas de Montreal. Confira abaixo e clique para acessar em nossa Galeria:
seb-chuck-02

Programa com apoio do Simple Plan expandido para outras cidades no Canadá

musical-instrument-lending

Em Outubro do ano passado o Simple Plan fez parte de um evento para anunciar um novo programa de empréstimos de instrumentos musicais no Canadá que disponibilizou acesso gratuito a instrumentos para os jovens de Montreal.

Hoje foi divulgado que, com a comemoração dos 150 anos de independência do país, o programa de Empréstimo de Instrumentos Musicais será expandido para outras cidades do Canadá.

Todas as bilbiotecas beneficiadas receberão 150 novos instrumentos, além de uma ajuda financeira como reconhecimento dos 150 anos do país. As bibliotecas de Toronto, Vancouver e Montreal também receberão novas doações da Sun Life Financial Canada.

Confira abaixo o vídeo do anúncio, que conta com trechos de entrevistas de Chuck Comeau e Jeff Stinco:

Nova foto do photoshoot da OGATA para a Rolling Stone

No ano passado o fotógrafo Saito OGATA publicou uma foto inédita de Pierre Bouvier para um photoshoot realizado para a revista Rolling Stone, mas ao que tudo indica, o photoshoot foi realizado há mais tempo que imaginávamos, mais precisamente próximo ao lançamento do “Get Your Heart On!”

Em Janeiro, mais uma foto desse ensaio foi liberada, dessa vez trazendo apenas Sebastien Lefebvre no mesmo estúdio e, ao julgar pelo penteado, o ensaio deve ter sido clicado entre os anos de 2011 e 2012. Confira a foto abaixo:

sebastien-ogata

Créditos: Saito OGATA

Foto rara do Simple Plan no Brasil em 2005

A primeira vinda do Simple Plan ao Brasil recebeu uma grande cobertura pela imprensa e, uma delas, foi o canal Multishow, que esteve junto com a banda no Rio de Janeiro quando os caras foram conhecer alguns pontos turísticos da cidade.

Confira abaixo uma foto rara onde podemos ver Sebastien Lefebvre, Chuck Comeau e Jeff Stinco com a a repórter Isabella Saes nos bastidores de uma entrevista durante a cobertura:

simpleplan-rio-rare

Sebastien mostra seu violão customizado da Framus & Warwick

Em um novo vídeo publicado em sua conta no Instagram, o guitarrista Sebastien Lefebvre mostra o violão que ele recebeu da Framus & Warwick e customizou por conta própria.

No vídeo ele diz que recebeu o violão e resolveu reunir sua paixão pelo violão e por histórias em quadrinhos para fazer algo diferente para ele.

Esse foi o violão usado por Seb durante os shows acústicos que a banda realizou na América do Sul durante o final do ano passado. Assista abaixo: