Simple Plan fala sobre os 15 anos de carreira para a Radio-Canada

Na noite de ontem foi ao ar uma entrevista com Sebastien Lefebvre, Jeff Stinco e Chuck Comeau que foi gravada no dia 12 de Dezembro de 2017 para a Radio Canada.

Realizada com o jornalista René Homier-Roy, a entrevista, que teve 54 minutos de duração, falou sobre o sucesso do Simple Plan ao redor do mundo durante os últimos 15 anos de carreira.

Ouça a entrevista na integra no site da rádio, clique aqui para acessar as fotos em nossa Galeria e confira abaixo um resumo do bate-papo:

“Sonhar com o sucesso do grupo era um senso comum. Nós determinamos isso de forma rápida. Ficávamos na estrada 300 dias por ano,” disseram Chuck Comeau, Sébastien Lefebvre e Jeff Stinco, três dos cinco membros da banda de Montreal, Simple Plan. Eles ainda conversaram com René Homier-Roy sobre seus desejos pela glória, como dependiam da própria dedicação e esforço, e a paixão de criar músicas juntos.

A banda foi formada no encontro de “cinco pessoas totalmente diferentes que tinham em comum o pop punk,” que, depois de anos ensaiando no porão da casa dos pais de Chuck Comeau, foram conquistar o mundo. O nome do grupo foi inspirado no filme A Simple Plan, que foi indicado por um amigo. “Ele nos sugeriu o nome e nós pensamos que acabaríamos mudando se encontrássemos algo melhor,” disse Jeff Stinco.

Com exceção do Japão, onde a música “I’m Just A Kid” foi um sucesso instantâneo (e inesperado), o Simple Plan precisou lutar para conquistar diferentes mercados. “Em cada país nós conseguimos de uma forma difícil. Foi uma maratona de três anos até que todos os países embarcassem na nossa ideia,” relata Chuck Comeau. Ele ainda se lembra de um show na Alemanha em que eles tocaram para apenas nove pessoas. “Isso definiu a nossa marca, de certa forma acabou nos colocando em nosso lugar.”

Com uma carreira de 15 anos, o Simple Plan já vendeu 12 milhões de discos, isso sem ter os críticos da música ao lado deles. “É uma música melódica feita para os fãs. Talvez seja por isso que é fácil dizerem que são músicas insignificantes. Depois de 15 anos eu vejo o impacto dessa mesma música na vida das pessoas e eu digo para mim mesmo que a prioridade não era receber uma avaliação de 5 estrelas no Le Devoir. Não era isso que nós estávamos buscando. Nós queríamos nos divertir no Bell Center,” conclui Sebastien Lefebvre, se referindo ao show esgotado realizado em Quebec em 2005.

Chuck Comeau conversa com a Kiss FM

O baterista do Simple Plan, Chuck Comeau, participou de uma entrevista com a KiSS 99.3 de Timmins, em Ontario, onde ele falou sobre a banda permanecer com os cinco membros desde a sua formação inicial e as expectativas em tocar no festival Stars and Thunder.

Ouça abaixo a entrevista que foi gravada durante os bastidores da “No Pads, No Helmets… Just Balls: 15th Anniversary Tour” e foi ao ar na manhã de hoje:

Entrevista: Chuck e Jeff falam sobre planos para o sexto disco

chuck-jeff-radio-canada

Em uma nova entrevista concedida para a Radio-Canada, Chuck Comeau e Jeff Stinco comentam sobre a turnê da banda no Canadá, o single de “Perfeclty Perfect”, a performance de “The Heroes” na China e os planos para o início das composições do próximo álbum da banda. Confira a matéria completa abaixo:

O guitarrista Jeff Stinco e o baterista Chuck Comeau estiveram na manhã desta terça-feira no Premiere Heure com Claude Bernatchez para falar sobre a próxima turnê da banda no Canadá e os 15 anos de lançamento do primeiro disco.

“Em Quebec nós iremos levar o espírito (dos 15 anos) e várias músicas dos primeiros discos estarão na setlist,” anunciou o guitarrista.

Nos Estados Unidos os fãs terão o prazer de ouvir o disco “No Pads, No Helmets… Just Balls”, lançado em 2002. Esse disco lançou a carreira da banda com sucessos como “I’m Just A Kid”. “É um disco que mudou as nossas vidas”, disse Chuck Comeau.

Mas os fãs de Quebec não ficarão de lado no dia 13 de Março, ainda mais por eles estarem esperando um show por tanto tempo: o Simple Plan deveria ter se apresentado no dia 21 de Novembro, mas devido a problemas nas cordas vocais de Pierre Bouvier, o vocalista fez com que a banda tivesse que suspender a turnê em uma ação preventiva.

Jeff e Chuck confirmaram que agora ele está 100% recuperado e que o show na cidade de Quebec será cheio de energia, assim como o último disco da banda lançado no ano passado.

“É um disco que impacta os fãs logo de cara, ele é cheio de energia, mas ao mesmo tempo encontramos formas de experimentar coisas novas como “Perfectly Perfect” que é mais intimista, um lado mais sentimental,” explica Jeff Stinco.

Os músicos riem ao falarem sobre a popularidade da música: “Se não tocarmos essa música seremos pegos pelos fãs,” brinca Stinco.

Com 15 anos de carreira e cinco discos, o Simple Plan se sente sortudo por continuarem sendo populares, mas os músicos não se acomodaram.

“O maior desafio é continuar e permanecer inovando. Nós sentamos e escremos até que estejamos satisfeitos. Levou um ano, um ano e meio para fazer o último disco,” disse o baterista.

“A pressão entre os membros do grupo é grande,” completa Jeff Stinco. “Esse é um dos motivos de nós termos composto mais de 60 músicas durante o processo de criação. É necessário manter um padrão de qualidade e reconhecer o que deve ser descartado.”

Os 15 anos de relação entre os membros do Simple Plan e o público mudou, sobretudo graças as redes sociais. Esse tipo de dinâmica era algo que a banda não precisava lidar nos primeiros dias de carreira.

“Nós interagimos (com nossos fãs) constantemente,” disse o guitarrista. “Eles tinham expectativas para esse disco e nós tínhamos ambições que precisavam ser consolidadas. No estúdio é sempre como um desafio.”

Falando sobre o tempo em estúdio, Chuck Comeau já fala sobre uma possibilidade de voltarem ao processo de composição para iniciar o processo do sexto disco antes do fim de 2017.

Mas até lá, o grupo estará na China para se apresentar com a música gravada para o filme “La Guerre des Tuques 3D”. “Nós vamos viajar por 30 horas para tocar uma música e quatro dias depois estaremos em Nova York!”, diz o baterista.

Ouça a entrevista completa em francês no player abaixo e clique aqui para ver as fotos de Chuck e Jeff na Radio-Canada em alta qualidade.

Entrevista de Chuck Comeau e Jeff Stinco na FM93

Chuck Comeau e Jeff Stinco estiveram na rádio FM93 de Quebec durante essa terça-feira para divulgar os shows da “Taking One for the Team Tour” no Canadá.

A banda também comentou sobre os países onde estiveram nos últimos meses, a Simple Plan Foundation, entre outros assuntos. Ouça a entrevista na integra no player abaixo:

Entrevista de Chuck e Jeff ao La Scene

Dando continuidade a semana de divulgação no Canadá, Jeff Stinco e Chuck Comeau visitaram a rádio WKND 91.9 FM onde participaram do programa La Scene.

Durante a conversa eles comentaram sobre os shows que a banda fará no Canadá, a turnê de aniversário de 15 anos do “No Pads” e o primeiro ano desde o lançamento do disco “Taking One for the Team”. Ouça abaixo e clique aqui para acessar o álbum de fotos da participação dos caras no programa.

David Desrosiers fala sobre participação no Festival Éole en Musique

Durante essa semana o Simple Plan participará de uma série de entrevistas em programas de rádio e televisão do Canadá para divulgar a “Taking One for the Team Tour”, que visitará o país em Março, e também sobre os próximos passos da banda.

A primeira entrevista foi realizada ontem e trouxe o baixista David Desrosiers, que  conversou com a rádio Choe FM 95,3 para confirmar a participação da banda no  Festival Éole en Musique, no dia 12 de Agosto deste ano. Ouça a entrevista completa no player abaixo:

Toddcast Podcast entrevista Jeff Stinco

jeff-playing-09

O guitarrista do Simple Plan, Jeff Stinco, realizou uma entrevista para o 92º episódio do Toddcast Podcast, e hoje a conversa foi disponibilizada na integra através do canal do programa no SoundCloud. Confira abaixo os destaques do que rolou na conversa e ouça o áudio no player a seguir:

» O guitarrista diz que gostaria que “Kiss Me Like Nobody’s Watching” fosse lançada como single e que “Crazy”, do “Still Not Getting Any…” tivesse recebido mais reconhecimento devido ao tema social por trás de sua letra.

» Jeff diz que a internet acabou trazendo uma competição saudável para o mundo da música, pois mais bandas de qualidade acabam ganhando reconhecimento. Ele também diz o quanto as mídias sociais melhoraram o seu contato com os fãs, entretanto, ressalta como as reações instantâneas podem ser perigosas.

» Entre as suas bandas favoritas, Stinco cita Pearl Jam, Metallica, Green Day e Guns N’ Roses. Sobre a união de Axl Rose com o AC/DC, ele não se mostrou a favor, dizendo que provavelmente ele se uniu à turnê por outros interesses.

» Sobre suas habilidades culinárias, ele destaca a culinária italiana e africana. Jeff também diz que tenta se tornar vegetariano, mas não está obtendo muito sucesso, apesar de usar cada vez mais vegetais em suas receitas.

» Deadpool, Game of Thrones e Mr. Robot estão entre os filmes e séries que ele está viciado no momento.

» Caso tivesse que entrar em alguma banda, Stinco fala que seria fácil fazer parte do U2 por saber todas as músicas deles.

» Entre os melhores momentos do Simple Plan, ele diz que a primeira vez que fizeram um grande show em sua cidade natal, o show de ano novo da MTV em 2005 e quando abriram para o Metallica na África do Sul.

Áudio: Fresh Radio 92,5 entrevista Pierre Bouvier e Jeff Stinco

Ontem o Simple Plan esteve em Edmonton para iniciar a temporada de shows em festivais de verão do Canadá e, pouco antes de subirem ao palco do K-Days, Pierre Bouvier e Jeff Stinco realizaram uma entrevista com a rádio Fresh Radio 92,5.

Durante a entrevista Pierre Bouvier comenta ter assistido ao show da banda The Watchmen na noite anterior, o guitarrista Jeff Stinco diz que antes dos shows gosta de relaxar e que em 2004 o David costumava ter uma correia de zebra que gostava de levar para os palcos. Eles também falam sobre a Pizza Party onde Stinco recorda de alguns fãs brasileiros terem perguntado se eles não iriam mais ver os fãs nos aeroportos, mas ele garante que continuarão encontrando os fãs fora do post-game. Por fim, Pierre Bouvier comenta que no momento sua música favorita do novo disco é “Perfectly Perfect”, já para Jeff, “Boom!”.

Ouça a entrevista na integra no player abaixo e clique aqui para ver uma foto em nossa Galeria.

Áudio: “Singing In the Rain” em Francês

singingintherain-bts

Desde o lançamento do “Get Your Heart On!”, o Simple Plan realiza regravações de seus principais singles em francês, como em “Jet Lag”, “Summer Paradise” e “I Don’t Wanna Go to Bed”.

A banda também disponibilizou uma versão em francês da música “Singing In the Rain”, que pode ser encontrada em sites de streaming e download na França e no Canadá, e agora, os fãs do resto do mundo já podem escutar através do YouTube. Ouça no player abaixo e aproveite para conferir o nosso hotsite especial da faixa clicando aqui.

Vale lembrar que a música continua crescendo nos Estados Unidos. Nessa semana, o single dos caras totalizou 709 execuções, se mantendo no 31º lugar do Mediabase.

Chuck Comeau e Pierre Bouvier compõe músicas para o EP de Story Untold

A banda Story Untold acaba de lançar o seu primeiro disco e o baterista Chuck Comeau anunciou em seu Twitter que ele e Pierre Bouvier ajudaram na composição de duas faixas do disco.

A dupla participou da composição de “History”, que conta com um vídeo clipe, e “If I Had One Dollar”. Confira abaixo as faixas e letras das músicas:

You can call me crazy
But when I close my eyes
I can see it clearly
I can see the shinning lights

I’m gonna take these dreams and make them real
I’m gonna tell the world just how I feel
I’m gonna climb these walls or tear them down
I’m gonna bury these fears in the ground

I’m gonna soar
I’m gonna fly
I’m gonna show what I’m made of
I’m gonna push
Not gonna hide
Because there’s nothing I’m afraid of
I’m gonna make history

You can call me crazy
Or say I’ve lost my mind
I wont let that phase me
I wont give up this time

I wanna rise up high above the rest
Because I just won’t just settle for second best
And if it breaks my bones and beats me down
I’m gonna get back off the ground

I’ll give up everything to follow my heart
I won’t let anything tear me apart
I’ll give up everything

My girl likes bein’ lazy
And she don’t work for nothing
She likes to call her friends up
And just talk trash about me
And I know I’m not perfect
I do what I can
I’ve got my guitar and my dreams and a plan
She’s always complaining
That I’m wasting my time
That I’m out of my mind

She says I’m sick in the head
And I’m better off dead
I’d be rich if I had one dollar every time she says
I’m a loser, a punk with no future well
I’ve got news for you
You think I’m sick in the head, well maybe that’s true
Or maybe I’m just sick of you

When I go out with my friends
She’s always on my case
And when I’m watching the game
She’s all up in my face
And she’s playing the field
But she’s not on the team
Acting the part but it’s not what it seems
She’s constantly saying
That I’m wasting my time
That I’m out of my mind

It’s always business doing pleasure with you
We used to be so money but now we’re through
So say whatever ‘cause this ain’t forever or ever